Imprimir E-mail
Seg, 14 de Março de 2011 11:53

                         QUINTAL

 

Com o título acima, devidamento autorizado pela autora - Professora Carolina Angélica, transcrevo a mais bela poesia que conheço:

 

Jabuticabeira,

beija-flor escondido no galho.

Florada de outubro,

abelhas tontas no ar.

Jabuticaba madura.

Marimbondo!

 

Goiaba amarelecendo no alto.

Mordida gulosa tirando pedaço.

Vermelha!

 

Laranja azeda,

laranja baiana,

laranja docinha,

laranja campista,

espinho danado!

 

Mamão maduro, sabiá comeu.

Fruta-do-conde,

jambo-rosa.

 

Pelo tronco já velho, vai enfileirada a procissão das formigas ruivas...

E, nas forquilhas dos galhos, as marcas dos pés.

Infância.

 

 


 

Publicidades

Parceiros:
Banner

Galeria de Imagens

Cadastrar E-Mail


Nome:

Email:

Publicidades

Banner
Banner

Pesquisar no blog