Home Política
Politica
PDF Imprimir E-mail
Qui, 19 de Julho de 2012 14:35

CANDIDATURAS EM MG - ELEIÇÕES 2012

 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, para as próximas eleições, o partido político com maior número de candidatos é o PARTIDO DOS TRABALHADORES - PT, com 7172 candidatos, sendo 302 a prefeito, 286 para vice e 6584 para vereador.

 

Em segundo lugar está o Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB, com 6712 candidatos, dos quais 286 concorrem para prefeito, 276 para vice, e 6150 para vereador.

 

Em terceiro lugar está o Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB, com o total de 6668, sendo, pela ordem: 300, 249 e 6119.

 

 

 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 26 de Março de 2012 10:43

SALÁRIOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS

 

A Consolidação das Leis do Trabalho - a CLT, conceitua em seu art. 76, Salário Mínimo como a "contraprestação mínima devida e paga diretamente pelo empregador a todo trabalhador, inclusive ao trabalhador rural, sem distinção de sexo, por dia normal de serviço, e capaz de satisfazer, em determinada época e região do País, as suas necessidades normais de alimentação, habitação, vestuário, higiene e transporte".

 

As instituições, públicas ou particulares, deveriam ter, como parâmetro para a remuneração de seus empregados, associado à sua capacidade de pagar, o conhecimento dos salários pagos pelo mercado, para cada cargo que a mesma instituição tenha.

 

Temos assistido, através da imprensa, as conversações entre classes (professores, garis, médicos, dentistas) de servidores públicos de Araxá  com a administração municipal, direta e indiretamente via poder legislativo.

 

Não se pode discutir casos isolados! Somos de opinião que a discussão salarial de uma mesma instituição ou município, deve ser extensiva a todos os seus cargos, e em um mesmo momento. Assim, tem que ser conhecido o quanto que Patos de Minas, Patrocínio, Uberaba, Divinópolis.. pagam aos cargos idênticos ao da municipalidade de Araxá.  Tem que ser conhecido, também, o quanto que as instituições particulares de Araxá remuneram os mesmos cargos do município. A concorrência e o bem estar social dos empregados/servidores é medido pelo salário pago no mercado interno e entre vizinhos próximos e com realidades populacionais, de arrecadação orçamentária e outras.

  

Um Plano de Cargos e Salários, associado a um Plano de Promoções , tem que ser urgentente elaborado, aplicado, mantido.

Prática contrária redunda em desarmonia, improdutividade, greve...

 

 
PDF Imprimir E-mail
Ter, 20 de Março de 2012 11:17

               COLIGAÇÕES

                                    - em inteiro teor, publico neste espaço o comentário feito

                                      ao Blog do Germano Afonso, na data de hoje (20/03/12) -

 

Bravo Germano,

 

Embora o PT tenha suas regras gerais, tem, também, entre essas, a apreciação de casos isolados. Para nós cada caso é um caso! Saberemos, no momento certo, buscar junto ao Diretório Estadual do PT a efetivação da coligação que buscamos junto ao DEM, ao PSDB, ao PPS, além dos demais partidos que estão na base aliada.

 

Se estamos conversando com os DEMOCRATAS e com os demais partidos, é porque democratas também somos!

 

Gostaríamos muito de ter ao nosso lado todas as pessoas que vêem em Toninho Barbosão a renovação, a competência, o dinamismo de tocar pra frente a nossa bela Araxá.

 

Abraço do Juarez França.

 
PDF Imprimir E-mail
Qui, 29 de Setembro de 2011 13:44

DESABAFO

 

"Na fila do supermercado o caixa diz uma senhora idosa que deveria
trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos de
plástico não eram amigáveis ao meio ambiente.

 A senhora pediu desculpas e disse: “Não havia essa onda verde no meu tempo.”
O empregado respondeu: "Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha
senhora. Sua geração não se preocupou o suficiente com nosso meio
ambiente. "


"Você está certo", responde a velha senhora, nossa geração não se
preocupou adequadamente com o meio ambiente.
Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e
cerveja eram devolvidos à loja. A loja mandava de volta para a
fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e
eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas
outras vezes.


Realmente não nos preocupamos com o meio ambiente no nosso tempo.
Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos
escritórios. Caminhamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro
de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois
quarteirões.


Mas você está certo. Nós não nos preocupávamos com o meio ambiente.
Até então, as fraldas de bebês eram lavadas, porque não havia fraldas
descartáveis. Roupas secas: a secagem era feita por nós mesmos, não
nestas máquinas bamboleantes de 220 volts. A energia solar e eólica

 é que realmente secavam nossas roupas.

 

Os meninos pequenos usavam as roupas que tinham sido de seus irmãos mais velhos,

e não roupas sempre novas.


Mas é verdade: não havia preocupação com o meio ambiente, naqueles
dias. Naquela época só tínhamos somente uma TV ou rádio em casa, e não
uma TV em cada quarto. E a TV tinha uma tela do tamanho de um lenço,
não um telão do tamanho de um estádio; que depois será descartado
como?


Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia
máquinas elétricas, que fazem tudo por nós. Quando embalávamos algo um
pouco frágil para o correio, usamos jornal amassado para protegê-lo,
não plastico bolha ou pellets de plástico que duram cinco séculos para
começar a degradar.

Naqueles tempos não se usava um motor a gasolina apenas para cortar a
grama, era utilizado um cortador de grama que exigia músculos. O
exercício era extraordinário, e não precisava ir a uma academia e usar
esteiras que também funcionam a eletricidade.

Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o meio
ambiente. Bebíamos diretamente da fonte, quando estávamos com sede, em
vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora lotam os oceanos.
Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de
comprar uma outra. Abandonamos as navalhas, ao invés de jogar fora
todos os aparelhos 'descartáveis' e poluentes só porque a lámina ficou
sem corte.

Na verdade, tivemos uma onda verde naquela época. Naqueles dias, as
pessoas tomavam o bonde ou de ônibus e os meninos iam em suas
bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um
serviço de táxi 24 horas.

 

Tínhamos só uma tomada em cada quarto, e não
um quadro de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de
aparelhos. E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de
satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a
pizzaria mais próxima.

Então, não é risível que a atual geração fale tanto em meio ambiente,
mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na
minha época?

Macdovel Valle

Secretaria Municipal de Turismo de Porto Seguro

Av. Portugal, 350 – Centro, Porto Seguro, BA, Brasil

T/F: + 55 (73) 3268-2330/0053

Cel: +55 (73) 8829-4364 / 9155-4463

E-Mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.



 

 
PDF Imprimir E-mail
Qui, 25 de Agosto de 2011 16:15

A GREVE DOS PROFESSORES

 

 

GREVE é uma tomada de posição de uma categoria profissional ou de um sindicato, expressa em assembléia devidamente convocada, para que, coletivamente, possa paralisar suas atividades para negociar com o  empregador benefícios para a mesma categoria. 

 

PISO SALARIAL é o vencimento (terminologia usada para o serviço público) básico; ou o salário (termo usado para as entidades particulares) inicial de uma categoria profissional. É o mínimo que um empregador possa pagar a um ocupante de determinado cargo.

 

A LEI 11.738/2008 instituiu e regulamentou o piso salarial profissional nacional para os professores do magistério público da educação básica. A referida Lei, datada de 16/07/2008, definiu que o Piso, àquela data, era de R$950,00 por mês. à jornada de, no máximo, 40 horas semanais. E ainda, que seria atualizado anualmente, a cada mês de janeiro.

 

ADIN – Através de uma AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE, também conhecida por ADI, cinco governadores estaduais (inclusive o de Minas Gerais) impetraram a ação de número ADI 4167 junto ao STF – Supremo Tribunal Federal. Objetivo da ação consistia em ter, como equivalente ao referido Piso, a remuneração paga aos professores.

 

REMUNERAÇÃO – no dizer da CLT, é a soma do salário propriamente dito, com as comissões, percentagens, gratificações, abonos, pagos a um empregado ou servidor.

 

ACÓRDÃO -que é uma sentença proferida por um Tribunal, decidiu, em publicação ocorrida no dia 24/08/11, pelo STF, julgando o ADI 4167, que o PISO TEM POR BASE O VENCIMENTO E NÃO A REMUNERAÇÃO. Assim, o menor vencimento a ser pago ao professor da educação básica, pelos governos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, seria, em julho de 2008, de R$950,00, além do que o ocupante do cargo recebesse por comissões, percentagens, gratificações, abonos.. O que os autores da ADI 4167 quiseram era que considerado como cumprido o Piso a soma do vencimento e demais acréscimos já recebidos pelos professores, mensalmente.

 

EM ARAXÁ – a greve tem sido tocada pelo esforço de poucas, mas valorosas pessoas. É sempre assim; daí a força do Sindicato, de seus dirigentes, por suas lutas a favor de toda a categoria profissional que representam.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Publicidades

Parceiros:
Banner

Galeria de Imagens

Cadastrar E-Mail


Nome:

Email:

Publicidades

Banner
Banner

Pesquisar no blog