Home
Blog do Juarez França - Araxá, notícias e novidades... Juarez França advogado trabalhista.
ESCOLA PADRE INÁCIO PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juarez França   
Ter, 27 de Setembro de 2011 12:12

ESCOLA PADRE INÁCIO

 

Em uma feliz iniciativa da direção da Escola Padre Inácio, em interação com o Professor Dr. Luciano Curi, a bela escola rural recebeu a estampa de seu patrono.

 

Padre Inácio, salesiano e professor no Colégio Dom Bosco ao final da década de 30, teve o prêmio da municipalidade, nos primeiros anos de 1960,  em reconhecimento às suas ações voltadas a educação, de ter o seu nome naquele educandário abençoado pelas árvores, pássaros, água, interesse dos alunos e enorme disposição de seus professores.

 

Luciano, ex-professor na Padre Inácio, nos anos 2002/2005, hoje doutor em História e professor no Centro Universitário do Planalto de Araxá, articulou, e por sua esposa e artista - Sra. Márcia Elena Pereira, moldurado foi a imagem do Padre Inácio.

No dia 13 deste, o quadro do Professor Padre Inácio ficou conhecido por todos nós e principalmente pelos alunos e professores da Escola. Lá ficará eternamente! 

 

É claro que Padre Inácio (que faleceu na cidade de Campinas) conhecimento teve e agradecido ficou pela iniciativa da direção da Escola e do Professor Luciano. Principalmente porque voltou a sentir as manifestações dos jovens, o cantar dos pássaros, a sombra das árvores, o carinho dos professores - seus colegas de trabalho.

 

 

 
NOME DE RUA PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juarez França   
Sex, 15 de Julho de 2011 10:42

NOME DE RUA

 

Constitui objetivo deste nosso cantinho, contribuir com a melhoria de nossa cidade, em todos os seus aspectos. Não somos contra ninguém, somos a favor do bem estar da comunidade.

 

É por demais dolorido sair a procura de um endereço em Araxá, principalmente em nossos bairros. Não se tem placa indicativa na maioria de nossas ruas. Nada custaria à municipalidade a colocação, em cada esquina, tal como se tem em algumas ruas do centro da cidade, de placas com os nomes das ruas nos cruzamentos das vias. O povo, as cartas, os remédios, os alimentos, o abraço, o beijo, chegariam mais rapidamente aos seus destinos! 

                                                 em 15/07/11

Última atualização em Ter, 19 de Julho de 2011 10:54
 
TEM BASE? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juarez França   
Sex, 15 de Abril de 2011 10:17

TEM BASE?

 

primeiro questionamento:

É justo uma empresa pública (ou de economia mista) fazer propaganda, quando

concorre com outras empresas, tal como se dá com o Banco do Brasil, a Caixa Econômica...

 

Mas é dolorido, por não dizer criminoso, ver propaganda de empresa pública ou mista que seja,  que tem o monopólio de sua atividade empresarial, tal como a ECT - Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a Petrobrás...

 

segundo questionamento:

Você já viu ou ouviu algum pronunciamento do Deputado Federal Aracely de Paula, nas tribunas da Câmara Federal? Conhece algum projeto de lei apresentado pelo deputado?

 

Se já viu ou ouviu, favor repassar pra gente ajudar na divulgação junto aos eleitores do deputado!

 

 

terceiro questionamento:

Por que tantos mistérios ou contradições com relação ao projeto da reformulação da avenida Antônio Carlos?

 

Junto ao www.araxa.mg.gov.br (site da Prefeitura), onde dúvidas poderiam ser dirimidas, encontrei, nos espaços destinados à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e  da Assessoria de Comunicaçoes: "desculpem o transtorno, o site está sendo reformulado".

 

Espero que Doutor Jeová (prefeito de quem aguardo excelente resultado) não nos deixe sem explicações da ausência de pessoas e máquinas trabalhando no local cercado para a obra.

 

É só o "site" ou também o projeto da avenida que está "sendo reformulado"?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
CAUSOS NO ESTÁDIO FAUSTO ALVIM PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juarez França   
Ter, 17 de Maio de 2011 11:20

CAUSOS NO ESTÁDIO FAUSTO ALVIM

 

Bacão – que ficava o tempo todo em torno do alambrado do Estádio, com o terço na mão e rezando, um dia ao dar entrada no portão do Fausto Alvim, se deparou com o eterno porteiro – Ademar Guimarães.

Passando pela roleta, sem o bilhete de entrada na mão. Sr. Ademar, atento a tudo foi logo dizendo: cadê o ingresso Bacão. Este, já nervoso, olhou para o Sr. Ademar e disse: “ah, sê vai à merda sô, bobo não paga jogo não”.

 

Bacão, ágil, se misturou à multidão e foi rezar uma vez mais...

 

 

Gaspar Cabeludo e Tunico Barba Roxa, com o patrocínio da Farmácia do Nadim, irradiavam os jogos diretamente do Fausto Alvim. De ataque que vai e defesa que se faz, os famosos locutores informavam: “e o Araxá Esporte continua vencendo por um a zero e a Farmácia do Nadim pra você e para mim, informa a hora certa diretamente do Fausto Alvim: olhando num canto onde ficava o relógio, diziam a hora e confirmavam o placar...

Num dado momento do jogo, ao olhar o local do relógio e após o costumeiro anúncio do patrocinador: “a Farmácia do Nadim, para você e para mim, informa a hora certa diretamente do Fausto Alvim:...com o olhar assustado, por não ter encontrado o relógio, um dos locutores do momento, não teve dúvida de perguntar, com o microfone ligado: “qual foi o fdp que tirou o relógio daqui?”

 

 

BEIJAMIM ASSUNÇÃO – O BEIJO – foi o fundador do Araxá Esporte, o treinador, o roupeiro, o presidente...

Beijo deixou seus causos:

PRIMEIRO - De vez em quando, buscando recursos financeiros com os seus amigos, ele conseguia comprar chuteiras para os seus atletas. Diante do Pedro (mais conhecido por DOIS), Beijo perguntou por quase toda semana seguida: Dois, qual é o número para comprar a sua chuteira? É 42 respondia o Dois. Cansado da mesma pergunta, que se repetia a todo dia, no mês seguinte o Beijo de novo perguntou: Dois, qual é o número de sua chuteira? É 44, Beijo! Imediatamente Beijo afirmou: por isso é que não compro, todo dia você me fala um número diferente!

 

SEGUNDO – O primeiro jogo do Araxá Esporte, fora “de seus domínios”, aconteceu na cidade de Franca/SP, no belíssimo gramado do colégio Champanhat. Ao retornarmos, Beijo entrevistado por amigos da imprensa e fora dela, dizia: o jogo foi uma maravilha, nossa meninada mostrou o fino da bola... Mas quanto foi o jogo, Beijo? Cinco a dois pra eles!

 

TERCEIRO – Diante de cada menino que pela primeira vez se interessava a treinar no Araxá Esporte, Beijo perguntava: qual é a sua posição? Aqueles que acreditavam levar vantagem, dizendo ser “em qualquer uma posição”, Beijo logo dizia: “então não serve – pois jogador tem que ter posição em campo”!

 

 

 

JOSÉ ADELINO foi o fundador, o presidente, o treinador, o roupeiro,... do CIT (dizem que o significado era Companhia Inimiga do Trabalho).

 

PRIMEIRO - Em um dia de treino, no Fausto Alvim, quando tinha pelo menos uns 30 atletas para o treinamento, Sr. José Adelino disse bem alto para todos ouvirem: “hoje nós vamos treinar somente com 9, no time titular, pois pode ser, que no jogo de domingo, dois venham a ser expulsos...”

 

SEGUNDO - Após um jogo em Ibiá, contra o Ferroviário (time forte, de empregados da Rede Ferroviária), o Sr. José Adelino, em noite fria, dentro do ônibus que transportava a moçada, metia a mão no saco que conduzia “a janta” e passava, a cada um dos atletas, o sanduíche de pão com salame, para aliviar a fome. Eis que ao entregar ao goleiro apelidado de Chita, o seu sanduba, o arqueiro com a rapidez de costume bronqueou: “Sr. José Adelino, o senhor. me dá meias todas rasgadas, chuteira cheia de prego, mas pão sem salame não dá não Sô Zé!

 

 

JOÃO PEMBA

Pemba, por todos os apaixonados do futebol, era tão famoso que fez nascer até “o campo do Pemba”- que ficava no espaço entre as vias Padre Alaor, Imbiara, Ibiá e Heitor Montandom, bem ao lado do Estádio Fausto Alvim. Era um sinal que ele andava a cidade toda em torno da bola de futebol, pois morava lá pras bandas da “Rua de Pedra” – como sempre foi conhecida a Rua Santa Rita.

 

Quando, no início dos anos da década de 80, enquanto jogava de zagueiro pelo time amador do Vila Nova (do Santo Antônio), o Bloguista (?) que relata este, num jogo do amadorão, contra o Caiçara, anulou um contra-ataque do time adversário, fazendo uma leve falta no atacante conhecido por LÔBO. Este, fazendo jus ao apelido, em resposta ao pedido de desculpas, deu uma mordida na região do joelho do defensor, quase levando consigo a parte atingida com os seus afiados dentes.

Antes do jogo, que se deu no Fausto Alvim, num domingo, Pemba convidou o referido zagueiro para treinar, na seleção amadora, na “próxima terça-feira”. Pemba era o treinador da seleção.

Na terça-feira, atendendo o honroso convite, mancando, da mesma forma que hoje se dá, disse ao Pemba: não vai dar pra treinar não Sr. Pemba, a mordida que o Lôbo me deu fez um estrago danado na minha perna (mostrada ao Pemba) – toda roxa. Imediatamente, em resposta, ele coçou a cabeça e disse: “não esquenta a cabeça não sô, passa cardo de feijão preto que os dentes dele caem tudo”. Assustado com a receita, perguntado foi: e o joelho, como fica? Outra vez ele coçou a cabeça, pensou duas vezes e disse: “aí é outro departamento!”

Foi treinar a moçada!

Depois de muitos anos, ao se encontrarem, tanto o Lôbo quanto o Bloguista perceberam o quanto haviam evoluídos. Cumprimentaram numa boa, na Casa do Caminho!

                                                                                 Em 17/05/11

 

 

 

Última atualização em Ter, 17 de Maio de 2011 17:17
 
DE QUEM É A VAGA? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juarez França   
Seg, 28 de Março de 2011 11:13

 

DE QUEM É A VAGA?

 

Ouve-se que os vereadores José Domingos (PDT) e Edna Castro (PSDB) serão nomeados para cargos junto ao governo municipal e estadual, respectivamente.

 

Ciente que os dois vereadores foram eleitos por coligações de partidos, claro fica que cada um deverá ser substituído pelo vereador suplente mais votado de CADA COLIGAÇÃO, pois eleitos (os que agora deixam a vereança) foram pela respectiva coligação de partidos e não pelos seus partidos.

 

Lógica nenhuma tem fazer do primeiro suplente àquele suplente mais votado do PDT e do PSDB, no caso presente. Tem que ser da coligação, pois foi com a soma de votos dos vereadores que concorreram pelas coligações, que os eleitos tomaram posse e exercem o cargo!

 

Entendimento contrário além de não ser lógico, fere a lei!

 

                        - em 28/03/2011 -

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Publicidades

Parceiros:
Banner

Galeria de Imagens

Cadastrar E-Mail


Nome:

Email:

Publicidades

Banner
Banner

Pesquisar no blog